HomeBlogSaiu na MídiaQuero Bolsa: E se eu não souber nada sobre o tema de Redação do Enem?

Quero Bolsa: E se eu não souber nada sobre o tema de Redação do Enem?

Veículo: Quero Bolsa

Data: 15/05/2019

Primeiramente, calma! Respira fundo e vamos lá. Muitos vestibulandos que se preparam para o Enem se preocupam com o tema da redação e os mais espertos treinam os possíveis temas do ano.

Antes de tudo, saiba que o tema da redação do Enem nunca será um tema totalmente desconhecido. Sempre serão abordados problemas que afetam a sociedade em geral, com temas sobre educação, saúde, segurança ou transporte público. “A prova não cobra conhecimentos muito restritos e assuntos de rodapé”, tranquiliza Sérgio Paganim, coordenador de Linguagens do Anglo Vestibulares.

Entretanto, em algumas edições, a prova trouxe alguns temas que são importantes, mas menos abordados no cotidiano. Foi o caso do tema “Publicidade infantil em questão no Brasil”, de 2014 e “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”, de 2018 que pegou alguns candidatos de surpresa.

Para esses casos, trazemos uma boa notícia: é possível fazer a redação mesmo sabendo pouco sobre o temaUfa! Isso porque o Enem exige uma estrutura de redação que é a mesma independentemente do tema e é possível ter uma boa nota somente seguindo essa estrutura à risca.

Os textos de apoio trazem informações e dados sobre o tema que podem ser usados como ponto de partida na hora da argumentação. Mas, cuidado para não copiar trechos da coletânea, pois isso não é permitido e você pode perder pontos.

Ao fazer referência a dados estatísticos, por exemplo, cite a fonte da pesquisa e o ano em que ela foi realizada. Se não for possível citar a fonte, Thiago Braga, professor de Redação do Sistema de Ensino pH, orienta que seja feito da seguinte forma: se no texto há “67% dos brasileiros possuem dívidas financeiras”, é possível citar algo como “a maioria dos brasileiros possuem dívidas financeiras”. “O ideal é se valer das ideias, jamais copiar trechos”, conclui o professor Thiago.

Leia mais