HomeBlogEscolaComo melhorar o desempenho dos alunos?

Como melhorar o desempenho dos alunos?

O desempenho dos alunos é um desafio de quase todas as escolas do Brasil. Os problemas enfrentados envolvem notas insatisfatórias, desinteresse dos estudantes e baixas taxas de aprovação no ENEM e vestibulares.

Constantemente, professores e equipe escolar estão em busca de maneiras de melhorar o desempenho dos alunos. Mesmo que não seja uma tarefa fácil, existem estratégias que podem ser traçadas para impulsionar o desempenho dos discentes e atingir resultados melhores.

Preparamos este artigo com práticas de como melhorar o desempenho dos alunos. Confira!

Ouvir os alunos

Quem melhor que os alunos para dizerem o que funciona e o que não funciona no processo de aprendizagem deles? Por isso, é importante que eles sejam consultados sobre suas dificuldades e desafios e sobre quais estratégias de ensino e de estudo promovem uma melhor absorção do conteúdo, resultando num melhor desempenho em avaliações e exames.

Dar significado ao aprendizado

David Ausubel foi um psicólogo da educação que criou a teoria da aprendizagem significativa. A teoria diz que a aprendizagem é muito mais significativa à medida em que o novo conteúdo é relacionado aos conhecimentos que o aluno já possui, adquirindo significado. Quando o conteúdo escolar não se conecta a algo já conhecido, a aprendizagem se torna mecânica e repetitiva, não havendo essa produção de significado. O conteúdo passa a ser armazenado isoladamente ou por meio de associações arbitrárias na estrutura cognitiva.

Paulo Freire foi um educador, pedagogo e filósofo brasileiro que defendeu a ideia de que um indivíduo aprende a medida em que há apropriação de conteúdos que podem ser utilizados a favor do crescimento individual. Ou seja, o aluno aprende quando há uma associação com um saber já existente e sua utilização no espaço cotidiano.

Os dois teóricos têm ideias parecidas que muito fazem sentido no processo de ensino-aprendizagem nos dias atuais. Quando o estudante enxerga uma aplicação em sua vida para o conteúdo que está sendo ensinado a ele, a aprendizagem se mostra muito mais fluida e eficaz. Sendo assim, é importante que haja um esforço de professores e equipe escolar em significar a aprendizagem do aluno.

Mudar a estratégia de aula

Quando os alunos apresentam dificuldades ou baixo desempenho, é interessante que os educadores s experimentem mudar sua estratégia de aula a fim de experimentar novas formas de transmitir o conteúdo aos estudantes.

Metodologias ativas

Nas metodologias tradicionais de ensino, o educador é responsável por passar o conteúdo aos alunos que, por sua vez, são sujeitos passivos no processo de ensino-aprendizagem. Já nas metodologias ativas, o aluno torna-se o protagonista e passa a estar no centro desse processo, enquanto o professor é um intermediador.

As metodologias ativas beneficiam a absorção dos estudantes uma vez que a forma de conceber o aprendizado é transformada, proporcionando que ele resolva problemas conectando ideias que incialmente pareciam desconectadas. As metodologias ativas estimulam a resolução de problemas práticos e contribuem com o desenvolvimento do pensamento crítico, da responsabilidade, da proatividade, do trabalho em equipe e da independência.

Tecnologia

Em um mundo conectado, a escola não pode ficar para trás. É cada vez mais importante que a tecnologia esteja inserida no ambiente escolar, tanto dentro quanto fora de sala de aula — a partir de deveres de casa que envolvam a tecnologia, por exemplo. Os alunos estão conectados na maior parte do seu tempo e se interessam muito pela tecnologia. Por isso, trazer a tecnologia para dentro da sala de aula e inseri-la no processo de ensino-aprendizagem pode trazer benefícios ao desempenho dos estudantes, tornando a aprendizagem mais leve e lúdica.

Acompanhar o desempenho

O desempenho dos alunos deve ser sempre acompanhado, principalmente após uma mudança na estratégia de aula, a fim de verificar se as alterações de fato trouxeram benefícios aos resultados dos estudantes. Esse acompanhamento pode ser feito por meio de provas, testes e trabalhos, com o objetivo de verificar a absorção do conteúdo e como o aluno o reproduz.

Focar na formação de professores

Outro ponto importante na melhoria do desempenho dos alunos é a formação continuada de professores. O corpo docente deve se manter atualizado e preparado para enfrentar os desafios encontrados em sala de aula, tendo estratégias em mãos para intervir e realizar mudanças que vão impactar positivamente o desempenho dos alunos.

Conclusão

Melhorar o desempenho dos alunos é um desafio que pode ser vencido utilizando de algumas estratégias. Nesse processo, é importante ouvir os alunos e entender o que melhor funciona para eles. Além disso, é essencial que o conteúdo ensinado tenha significado e relação com a vida cotidiana dos estudantes. Assim como é importante que os professores e a equipe escolar se mantenham sempre atualizados, ao traçar novas estratégias de aula — utilizando de inovações como metodologias ativas e tecnologia — e acompanhar o desempenho dos alunos.

A escola deve ter o hábito de avaliar seus alunos para, então, realizar uma intervenção pedagógica. Quer saber mais sobre como as avaliações iniciam o processo de melhoria de desempenho dos alunos junto a uma intervenção pedagógica? Baixe o infográfico gratuito:

como-melhorar-o-desempenho-dos-alunos-cta